Customizando sua Lomo (Fisheye 2)

9/24/2014 02:50:00 PM Blog Mulata Dourada Gracyjony Nascimento 0 Commentário



como customizar sua máquina fotográfica analógica

a Fisheye 2, é uma máquina que tira fotos com um ângulo de captura bem amplo, dando um efeito circular e deixando a foto "esférica" 

Olá Douradas(os)!
E hoje estou mais feliz e animadíssima. Espero que vocês também fiquem, pois ganhamos um colaborador mais que especial. Ele vai prestar assessoria ao nosso Blog. Chic né! Douradas(os) Apresento Diego Araujo.


Diego no comando. Esse é meu primeiro, espero que gostem (não consegui trocar o "escrito por Gracyjony Nascimento" ali em cima, só por isso estou me apresentando aqui, ok? Bjos!).

Hoje vou ensinar como customizar sua máquina fotográfica analógica Fisheye 2, da Lomography. No tutorial, transformei minha Lomo preta em dourada. O resultado, já adianto, não ficou perfeito, mas como eu já estava cansado da minha máquina na cor preta, decidi dar uma mudada de ares.

Fisheye 2: Antes e depois.


Carinhosamente chamadas de "Lomos", as máquinas fotográficas dessa marca (eles só vendem máquinas analógicas) existem em um vasto leque de possibilidades, cores e funções diferentes. O modelo em questão, a Fisheye 2, é uma máquina que tira fotos com um ângulo de captura bem amplo, dando um efeito circular e deixando a foto "esférica" (coisa fina, sinhá)! Deste modo, coisas que não apareceriam no ângulo de captura de uma foto normal são capturadas pela Fisheye 2, deixando as fotos muito mais divertidas!

Foto tirada com uma Fisheye 2.

O tutorial a seguir mostra como transformar a cor de sua Fisheye 2 (no meu caso, de preto para dourado). Se você estiver interessado(a) em fazer também, veja os resultados deste tutorial antes e dê uma lida no final do post. Se achar o processo todo e o resultado minimamente razoáveis, siga em frente. E por favor, LEIA O TUTORIAL INTEIRO e só depois faça. Não faça ao mesmo tempo em que segue os passos porque sempre dá problema (acredite no titio).

Você vai precisar de:

- 2 esmaltes na cor dourada (se você se garantir muito, um só basta);
- Fita crepe;
- Toalha ou jornal (pra não sujar a superfície na qual você irá trabalhar).

O esmalte que usei foi o Blant Colors Fortuna. Se não conseguir achar esse, busque um que seja o mais homogêneo e voltado para o amarelo quanto possível, para dar o efeito de dourado que queremos.



A seguir, cubra as partes que não irão receber o esmalte com a fita crepe. Repare que algumas partes em que existem informações na Lomo foram cobertas com a fita crepe para não desaparecerem sob o esmalte dourado.

Seja bem cuidadoso(a) nessa etapa, ela vai ser determinante para a qualidade do trabalho final. Corte a fita crepe com a tesoura para encaixar nas partes curvas, se precisar.



Cobrimos o botão disparador e algumas partes em que informações importantes são mostradas.









Com todas as partes desejadas bem cobertas com a fita crepe, pegue o esmalte e mãos à obra. O círculo que contém a manivela para rebobinar o filme não precisa ser pintado, já que é uma parte que é bastante usada e precisa estar livre para não emperrar no momento em que você for rebobinar. Também não colocamos fita crepe no mostrador de poses (onde ficam o número de poses já fotografadas no filme), mas NÃO PINTE ELE. Gosto de frisar em letras garrafais porque, se você for igual a mim, avisos desse tipo nunca são o bastante.

Uma dica: passe bastante esmalte e dê pinceladas largas. O importante é fazer o mínimo de preto do fundo permanecer visível, cobrindo-o com o dourado do esmalte. Se estiver inseguro(a), faça como eu: comece retirando o visor em forma de bola da parte de cima da sua Lomo e pinte-o para se acostumar à textura e tempo de secagem da tinta. Esse visor eu pintei sem colocar fita crepe (porque gosto de aventuras e de viver perigosamente).

Quando for pintar a parte traseira, lembre-se de abrir a tampa do repositório do filme fotográfico para pintar. Pode parecer meio óbvio, mas a pessoa que vos fala pintou com a tampa fechada e na hora de abrir para colocar o filme foi um suplício, já que o esmalte tinha feito a tampa grudar na máquina (aviso aos navegantes: consegui abrir a tampa ainda assim, mas foi diiiiifícil, amigo!).

Eventualmente, você precisará esperar o esmalte secar e passar uma segunda mão dele caso repare que alguns pontos ficaram mal pintados. No meu caso, tive que fazer isso especialmente no anel (aquele entre a lente e o corpo da câmera, que parece uma escadinha) e nas bordas.












Pinte um lado de cada vez. Quando terminar a frente, deixe o esmalte secar (eu deixei secar por 4h), parta para a parte de trás. Após as devidas pinturas e repinturas, quando os dois lados estiverem pintados e você estiver satisfeito com o resultado, retire a fita crepe (com muito carinho).





O resultado é esse:






















Como eu disse, o resultado não ficou perfeito como uma Fisheye 2 Gold Edition, mas só nós temos o prazer de ter dourado e prata na mesma câmera (coisa que a Gold Edition não tem, ok?).

Um beijo no coração de todos.
Caso tenha se aventurado nessa, não se acanhe deixe seu resultado nos comentários!

Postagens Relacionadas

0 comentários:

Olá Leitores(as) Seja bem vindos! e uma(um) SEGUIDOR VIP.

Na parte SEGUIDORES DO BLOG, clique em PARTICIPAR DESTE SITE. E Cadastre-se.

Aviso: Comentários que conterem publicidade e divulgação de site ou algo malicioso, ambas serão moderadas. Beijos dourados